O BLOG PARA QUEM ACREDITA NA FORÇA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO.

Artigos Introdutório

Futebol – Uma aula de má gestão

6 de julho de 2015 / Por

O futebol insiste em ensinar. A seleção brasileira foi eliminada da Copa América pela modesta seleção do Paraguai. Modesta porque o Paraguai não tem individualidades nem conjunto que o coloque numa posição de liderança no futebol mundial. Se compararmos os jogadores Cárceres, Aranda e Piris do Paraguai com os brasileiros Neymar, Willham e Daniel Alves, é bem provável que os brasileiros sejam considerados superiores, visto os clubes que defendem. Porém, mesmo tendo teoricamente os melhores jogadores, o Brasil é eliminado.

eBooks Introdutório

eBook – 20 Boas Práticas de Gestão

2 de junho de 2015 / Por

Neste eBook “20 Boas Práticas de Gestão” você encontra 20 processos, conhecidos também como boas práticas, que podem gerar resultados excelentes no campo da gestão da qualidade e da inovação.

20 boas práticas de gestão

Cada prática tem seu funcionamento e motivos descritos e se enquadra em um ou mais critérios do modelo de excelência da gestão (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Sumário:

1. Padrinho/Madrinha

2. Uso de um software de gestão estratégica

3. Cartilha do profissional

4. Lista de Regras

5. Fluxogramas

6. Reunião geral com funcionários

baixarebook

Artigos Intermediário

3 Requisitos para um bom Planejamento Estratégico

25 de maio de 2015 / Por

1. LÍDER ENGAJADO
Um bom planejamento, começa pelo líder, pelo seu nível de engajamento e pelo poder de mobilização que exerce sobre seus comandados. Desde a construção, passando pelo acompanhamento, a participação ativa do líder é indispensável para o sucesso do planejamento. Nas pequenas empresas, é normal o próprio dono assumir a coordenação no planejamento estratégico, enquanto nas empresas maiores são criados departamentos com a responsabilidade sobre a gestão do planejamento, tamanha é a relevância do tema. Um dos entraves é a falta de disponibilidade do líder para questões mais estratégica, o que ocorre principalmente nas empresas de pequeno porte. Nestas empresas os gestores, empresários, estão muito focados na operação do dia a dia, sem tempo para pensar no dia de amanhã, nem tão pouco avaliar o hoje e o ontem, o que acaba travando o processo de melhoria e inovação. O líder precisar ter a visão do todo e apostar no longo prazo.