Homem planejando para indústria

A importância do planejamento estratégico para indústrias

Muito se fala sobre a importância do planejamento estratégico para indústrias. Afinal, um processo tão rico e construtivo acaba despertando a curiosidade sobre seus reais impactos na gestão empresarial. 

Por isso, resolvemos trazer para você alguns dos benefícios que mostram a importância desse processo para sua empresa. Veja como seus impactos vão desde aspectos estratégicos até mesmo na gestão de pessoas. 

Continue a leitura e saiba: 

  • o que é planejamento estratégico
  • por que investir nesse processos
  • benefícios que mostram a sua importância. 

Por que fazer planejamento estratégico nas indústrias

Antes de mais nada, vamos conceituar o que é planejamento estratégico. Um processo sistêmico que visa construir um plano de ações para que uma indústria alcance os resultados que deseja. 

Bom, dito isso, como realizamos esse processo? Em primeiro lugar, é feito uma análise de questões como modelo de negócio, cenário interno e externo e filosofia da empresa. Para em seguida, definirmos quais os objetivos estratégico desta indústria. 

Logo após, são definidos indicadores de desempenho para mensurar o quão próximo desses objetivos a empresa está, para assim, criar os projetos e processos necessários para tornar tudo realidade. 

Com toda certeza afirmamos que é um processo que só traz benefícios às indústrias. Como por exemplo, assertividade nas ações, maior produtividade, conhecimento das oportunidades e ameaças do mercado e maior longevidade do negócio

Olhando assim, garanto que você já está convencido do porquê implantar o planejamento estratégico nas indústrias, não é mesmo? Mas acredite, sua importância é muito maior e é disso que falaremos a seguir! 

A importância do planejamento estratégico

Muito além de um processo que visa melhorar a gestão da empresa e fomentar o crescimento, a importância do planejamento estratégico afeta todos os setores, aspectos e pessoas de uma organização. 

Para exemplificar de forma clara a importância do planejamento estratégico, listamos abaixo seus impactos e benefícios nas indústrias. Confira!

Ajuda a definir a missão da indústria 

Para que o planejamento estratégico de uma indústria seja efetivo, é importante que ele esteja diretamente relacionado com a filosofia da empresa, que é composta por sua Missão, Visão e Valores. 

É provável que você já tenha escutado falar sobre esses conceitos antes, ainda mais no ambiente empresarial. Mas para garantir, vamos rever cada um deles: 

  • Missão: pode ser resumido como o propósito de uma indústria no mercado, o que ela deseja fazer, a razão pela qual ela existe; 
  • Visão: está relacionada aos objetivos de longo prazo de uma indústria, onde ela deseja chegar no futuro; 
  • Valores: são as crenças ou princípios éticos que moldam a identidade de uma empresa e devem guiar todas as suas ações. 

Só pra exemplificar, imagine uma indústria alimentícia que quer levar mais bem-estar e saúde para seus clientes através dos alimentos. Essa é a sua missão. Para isso, ela irá lançar até 2025 uma linha de produtos com redução de sódio e açúcar, além de fortemente enriquecidos com vitaminas. Essa é a sua visão. Contudo, a empresa sabe que para construir seu futuro, precisa trabalhar de forma transparente, com compromisso e inovação. Esses são os seus valores. 

Líder apresentando os objetivos da indústria

Caso uma empresa não tenha esses conceitos definidos, a criação do planejamento estratégico irá ajudar a entender cada um deles, para que assim, os objetivos estratégicos definidos tenham como foco sua missão e uma visão de futuro

Dessa forma, quando uma indústria investe em planejamento estratégico, ela passa a entender de forma mais clara qual seu propósito no mercado e traça um plano de ações para alcançar esse objetivo

Voltando no exemplo da indústria de alimentos, com sua filosofia definida, fica mais fácil entender quais ações são necessárias para lançar sua nova linha de produtos e proporcionar bem-estar aos seus clientes. 

Une todos em um só propósito

Quando os objetivos estratégicos de uma indústria são definidos com base na missão da empresa, fica mais fácil entender qual o foco de cada ação ou atividade. Tudo ganha um propósito único e claro. 

Assim, as indústrias param de trabalhar de forma reativa às demandas que surgem e passam a trabalhar com foco em um objetivo central. Essa definição tem impacto em diversos aspectos de uma indústria, como por exemplo: 

  • torna a comunicação da empresa mais clara; 
  • traz um senso de propósito a todos os colaboradores;
  • faz com que os projetos sejam priorizados de maneira correta; 
  • perde-se menos tempo com ações sem sentido; 
  • aumenta a produtividade; 
  • menos refação.

Seguindo o exemplo da indústria de alimentos, podemos notar o impacto do propósito da empresa de duas formas. Em primeiro lugar, imagine os colaboradores envolvidos no processo. Eles sabem que a missão do negócio é levar mais saúde e bem-estar para seus clientes. 

Ou seja, ao realizarem suas atividades, eles têm consciência de que seu trabalho é ajudar nessa missão. Sem a filosofia definida, eles estariam apenas produzindo alimentos. Consegue perceber como a missão proporciona uma noção maior da importância do trabalho de casa pessoa? Elas não estão mais apenas produzindo um produto, elas estão levando mais saúde para seus clientes. E isso é motivador! 

Em segundo lugar, com a missão definida, a percepção do que deve ser feito muda completamente. Se o objetivo da indústria de alimentos é lançar uma linha de produtos saudáveis até 2025, seus projetos devem estar focados em estudos da redução do açúcar e do sódio, pesquisas para alternativas a esses minerais, como enriquecer os alimentos, como comunicar seus benefícios de forma clara. Em resumo, não se perde mais tempo com projetos ou ações que não fazem sentido para o propósito da indústria. 

Estimula a participação de líderes

Um dos fatores que garantem o sucesso do planejamento estratégico para indústrias é a presença de líderes. Quando uma empresa se propõe a implantar um processo novo como o planejamento, é preciso ter pessoas capazes de liderar essa mudança. E é aí que os líderes se fazem tão necessários!

De fato, nem sempre é fácil promover mudanças na rotina das indústrias, nós sabemos. Mas o papel do líder é justamente promover e criar as condições necessárias para que algo aconteça dentro de uma empresa

Líder acompanhando sua equipe

Ou seja, se neste caso estamos falando do planejamento estratégico, o líder irá auxiliar na transmissão da filosofia da empresa, explicará os objetivos estratégicos, irá motivar e engajar as equipes, fornecer o auxílio e o acompanhamento necessário

Como resultado, ao estimular a participação de líderes, as indústrias estão dando o apoio e a motivação necessária para que todos se sintam capazes de executar suas tarefas. Além disso, irão criar uma rede de profissionais capacitados o suficiente para apoiarem diretores e c-levels na gestão. 

Leia mais: Conheça o papel do líder no planejamento estratégico. 

Fomenta a resiliência nas ações como um todo

Muitos entendem o planejamento estratégico como algo fixo. Vamos supor que no último trimestre de 2019, nossa indústria de alimentos fez seu planejamento estratégico anual para 2020. Nele, foi definido que as ações do ano serão focadas em produtos para celíacos. 

Porém, logo no início do ano, como consequência de suas pesquisas, um dos químicos da empresa descobriu alguma forma de inovação nos produtos para intolerantes à lactose. Diante desse cenário e analisando o foco do planejamento de 2020, você deve estar pensando que essa descoberta deve ser engavetada para a próximo ano, certo? 

Pelo contrário! Se algum evento – positivo ou negativo – afetar as ações da empresa ao longo do ano, ele deve ser levando em consideração sim. Claro que, neste exemplo, a empresa não irá abandonar seu foco em produtos para celíacos, mas sim, abrir espaço para pensar em projetos para aproveitar essa oportunidade que surgiu. 

Nesse sentido, o que estamos querendo mostrar é que para planejar, é preciso ter resiliência. Por ser um processo que estimula a análise e o acompanhamento constante de todas as ações da indústria, ele está sujeito a mudanças a qualquer momento. 

Dessa forma, é importante fomentar a resiliência na cultura da empresa, para que os profissionais não se sintam frustrados com possíveis mudanças. É preciso ter a mente sempre aberta ao novos, encarando possíveis mudanças no planejamento como uma chance de fazer diferente. Com isso, conseguimos perceber que a importância do planejamento estratégico para indústrias vai muito além de fatores de gestão ou crescimento. 

Promove o bem-estar dos colaboradores

Conforme falamos antes, a importância do planejamento estratégico para indústrias vai muito além dos aspectos burocráticos da gestão de uma empresa. A implantação do processo tem impactos também na gestão de pessoas, promovendo o bem-estar dos colaboradores. 

Entre alguns dos exemplos que já citamos aqui neste artigo, o planejamento traz um senso de propósito maior, ajuda na produtividade, dá mais foco às ações que precisam ser executadas, fomenta a resiliência e torna a comunicação mais clara.

equipe feliz trabalhando

Sem dúvida, os colaboradores da indústria de alimentos saudáveis têm mais prazer em trabalhar do que os de uma indústria automotiva sem propósito algum. Eles sabem qual sua participação na missão da empresa, possuem um líder que os motiva a evoluir sempre, seus projetos e ações são entregues de forma organizada e avaliados constantemente. 

Além disso, possuem a segurança de se algo não estiver bem, eles irão conseguir corrigir o problema antes do fim, graças ao acompanhamento constante das ações planejadas. Tudo isso traz mais tranquilidade, organização e bem-estar a todos. Sem falar que ao final do dia, eles sabem que seu trabalho é importante para levar mais saúde às pessoas! 

Traz uma visão sistêmica do negócio

Por fim, mas não menos importante, você já deve ter percebido o quanto o planejamento estratégico engloba todos os aspectos de um negócio, trazendo uma visão sistêmica do todo

Ao ter a missão e a visão da indústria como guia, todas as ações da empresa são centradas nisso, deixando tudo mais alinhado com o propósito central. Para criar um planejamento estratégico, é necessário a criação ou revisão de um modelo de negócio, análise de cenários, definição de objetivos estratégico, criação de indicadores de sucesso, de projetos e processos.  

Baixe agora: e-book Planejamento Estratégico em 40 horas

Ou seja, com todas essas informações em mãos, é possível visualizar de forma única todos os fatores que envolvem o negócio. Além disso, com a evolução da tecnologia, hoje existem ferramentas que organizam e centralizam essas informações em um único lugar, tornando tudo acessível a todos os colaboradores. 

O Scopi, por exemplo, é uma dessas opções. Um software de planejamento estratégico completo que reúne todas as ferramentas necessárias para criar, executar e acompanhar o planejamento estratégico em um só lugar. 

Quer conhecer o que o Scopi pode fazer pela sua indústria? Converse com um de nossos consultores! 

Em resumo, o planejamento estratégico é um processo que ajuda indústrias e definirem seu caminho para o futuro. Seja ele qual for, o importante é estar alinhado com a missão e o propósito da empresa. Com consequência, os impactos serão positivos tanto na gestão, como nos colaboradores e para o crescimento da indústria.