Mapa estratégico: entenda como construir um para sua empresa

Mapa estratégico: entenda como construir um para sua empresa

As empresas precisam ter um direcionamento para atingir os objetivos. Para isso, é fundamental ter clareza nas ações e no caminho a ser percorrido. E uma boa alternativa para estabelecer onde se pretende chegar de forma objetiva é por meio do mapa estratégico.

As companhias devem expor aos funcionários as principais metas com transparência e objetividade. Do contrário, não terão uma comunicação efetiva, nem serão capazes de engajar a equipe de maneira consistente. À medida que as ações são devidamente apresentadas e assimiladas pelos colaboradores, maiores são as chances de atingir bons resultados

Neste artigo, vamos mostrar a finalidade de um mapa estratégico e os benefícios que essa ferramenta proporciona. Acompanhe!

O que é um mapa estratégico?

É um recurso de gestão visual, que integra o método Balanced Scorecard (BSC), desenvolvido pelos pesquisadores Kaplan e Norton. É uma ferramenta vital para as empresas colocarem em prática a estratégia de forma efetiva

O mapa estratégico permite iniciar o plano de execução, a partir da definição de parâmetros, como a missão, visão, valores e os objetivos mais importantes a serem cumpridos. 

É importante destacar que esse recurso contempla as metas estratégicas a partir de quatro perspectivas de negócio. Com a intenção de ajudá-lo a entender isso melhor, vamos explorar esse assunto no próximo tópico. 

Como construir um mapa estratégico para sua empresa?

Um primeiro passo para a construção de um mapa estratégico é entender para que serve essa ferramenta de gestão. Em seguida, é necessário levar em consideração quatro fatores relevantes para uma empresa, que serão detalhados a seguir. Confira!

Visão de futuro

Uma companhia precisa, acima de tudo, ter uma noção de como pretende ser visualizada pelos stakeholders no futuro. Em outras palavras, deve direcionar as ações para construir uma imagem que a destaque perante o mercado em médio e longo prazos. 

A partir da visão, abrem-se perspectivas para um direcionamento mais claro de como uma empresa deve se estruturar para apostar em ações que a diferenciem dos concorrentes de forma significativa

Temas estratégicos

Por mais que a visão de futuro esteja clara para os gestores e empregados, é fundamental que o mapa estratégico conte com pilares que norteiem os trabalhos em busca da melhoria contínua.

Uma forma de construir esse caminho é por meio da definição de temas estratégicos, ou seja, de segmentos que devem ser priorizados na elaboração de um planejamento voltado para atingir bons resultados no futuro próximo.

Uma empresa pode, por exemplo, estabelecer algumas áreas que são fundamentais para atingir o crescimento sustentável, como eficiência operacional, inovação, novos mercados e parcerias. Essa atividade é muito relevante para estruturar metas e ações a serem efetivadas.

Perspectivas de negócio 

Ao adotar o BSC, uma organização pode perfeitamente dimensionar as perspectivas de negócio e criar uma relação entre elas e os temas estratégicos.  Com base no Balanced Scorecard, Kaplan e Norton indicam quatro visões a serem levadas em consideração: perspectiva financeira, mercado e clientes, processos internos e aprendizagem e crescimento.

A partir de uma análise das perspectivas, uma instituição pode definir quais as metas serão as mais importantes para alcançar um desempenho notável e consolidar uma posição de prestígio perante o público-alvo.

Fixação dos objetivos estratégicos

Uma organização cria um ambiente mais favorável para usar o mapa estratégico com inteligência quando estabelece os objetivos com base nas perspectivas de negócio e nos temas que devem nortear o crescimento nos próximos anos.

Em outras palavras, cada meta deve estar diretamente relacionada com uma determinada perspectiva. No caso da que abrange processos internos, o objetivo estratégico pode ser, por exemplo, reduzir pela metade o tempo gasto para a análise de documentos ligados à contratação de fornecedores. 

É fundamental que haja esse encadeamento para o mapa ser bastante claro para os gestores e demais envolvidos. Dessa forma, torna-se viável criar uma relação de causa e efeito entre os objetivos, o que é indispensável para haver um maior foco em resultados.  

Clique no banner para fazer o Quiz da Gestão Estratégica e analisar o planejamento da sua empresa:

Vantagens de ter um mapa estratégico

Inegavelmente, existem benefícios que justificam a adoção de um mapa estratégico. Com a intenção de ajudar você a entender melhor isso, vamos apontar os principais ganhos de utilizar esse recurso. Veja!

Clareza nas ações

Para engajar os colaboradores, é imprescindível que os objetivos estratégicos sejam devidamente assimilados por todos. Além de uma linguagem clara, a divulgação das metas é peça-chave para uma equipe estar bastante envolvida com as atividades mais importantes para uma instituição. 

Alinhamento

Além de ser bastante claro, um mapa estratégico deve ser útil para alinhar o que cada segmento precisa fazer para os resultados serem atingidos. À medida que todos conhecem as respectivas atribuições, torna-se muito mais simples executar as tarefas corretamente e compartilhar informações para encontrar alternativas com foco na concretização das metas

É necessário que os empregados estejam no caminho estabelecido pela organização para aperfeiçoar o desempenho. Por isso, é válido apostar em ferramentas que permitam estruturar os trabalhos e consolidar a importância de cada setor na busca pelo sucesso. 

Produtividade

Em um cenário de constantes mudanças, é ruim para um colaborador manter-se somente envolvido com atividades rotineiras. Para uma empresa realmente ser inovadora, um bom caminho é estabelecer objetivos que tirem as equipes da tradicional zona de conforto.

Ao introduzir o mapa estratégico com bom senso e inteligência, a companhia incentiva os funcionários a serem mais produtivos e criativos. Além disso, cria um ambiente mais favorável para um trabalho colaborativo. Dessa forma, fica mais fácil adotar uma cultura voltada para a mudança com base nas melhores práticas do mercado. 

Mais foco em tecnologia 

A transformação digital está sendo responsável por modificações na forma de as instituições atuarem e na maneira de como se relacionam com o público-alvo. Se não houver um bom investimento em tecnologia, boa parte dos objetivos estratégicos ficará apenas no papel.

Em outras palavras, serão apenas parte de um documento que consumiu tempo e dinheiro. Para evitar essa situação, é válido apostar em soluções como o Scopi, capaz de reunir mapa estratégico, projetos e metas em apenas um lugar. Assim, uma instituição pode se estruturar melhor para alcançar os objetivos e agregar valor às ações.

Ao entender a importância do BSC e do mapa estratégico, a empresa abre caminhos para a melhoria contínua e o engajamento dos colaboradores. Além disso, mostra que está em sintonia com boas práticas e focada em atingir uma performance mais expressiva. 

Se você está em busca de aprimorar as ações estratégicas por meio de uma solução simples e moderna, entre em contato conosco agora mesmo. Estamos à disposição para ajudar você a vencer novos desafios!