8 séries sobre gestão, liderança e planejamento

8 séries sobre gestão, liderança e planejamento

Manter-se atualizado é uma das práticas essenciais de qualquer gestor corporativo. Sempre em busca de conhecer melhor o mundo e o mercado, a maioria investe em diferentes cursos e workshops. Mas há um jeito um pouco mais descontraído de  absorver conhecimento: através de séries sobre gestão, liderança e planejamento.

Na correria do mundo corporativo, por mais que um bom gestor possua uma ampla visão do todo e de todos, há sempre algo que pode ser melhorado ou visto de um ângulo diferente.

Por isso, assista as nossas recomendações de séries sobre gestão, liderança e planejamento. Além de ter um momento de lazer, é possível tirar lições valiosas ao analisar as soluções criadas, as reações dos personagens e o relacionamento entre eles.

Por exemplo, ao observar as personagens Olivia de Scandal e a professora Annalise Keating de How To Get Away With Murder, você pode ter insights sobre alinhamento estratégico, gerenciamento de crise e gestão de pessoas.

Ficou curioso para saber quais são as outras séries recomendadas e entender um pouco mais sobre como elas podem contribuir com a sua gestão estratégica? Continue lendo!

1. How To Get Away With Murder

How To Get AWay With Murder conta a história de Annalise Keating  (Viola Davis), uma renomada advogada especialista em Direito Criminal que também é professora, e escolhe os 5 melhores alunos de sua turma para montar uma equipe para assessorá-la na resolução de seus casos criminais.

A cada caso recebido, Annalise reúne sua equipe e demonstra como realizar um bom planejamento estratégico. À medida que as evidências vão sendo levantadas, os pontos fortes e fracos são listados e as soluções sugeridas são descartadas ou aceitas. Tudo é explorado ao máximo e até os detalhes ganham importância.

Com o plano bem elaborado, as tarefas são delegadas entre sua equipe, que entende que cada um precisa performar bem sua parte para o objetivo em comum ser atingido.

Além de frequentemente estimulá-los a darem o melhor de si de forma dura, a advogada também procura elogiá-los e recompensá-los quando algo é bem-sucedido, criando assim uma competição saudável.

Mas apesar do bom alinhamento estratégico entre a professora e seu time, nem tudo ocorre sempre como planejado. E é daí que podemos tirar outros 3 importantes ensinamentos: adaptar-se aos imprevistos, gerenciamento de crise e admitir os erros como líder.

2. Suits

Suits narra a rotina de uma empresa de advocacia em Manhattan.

Aqui, a importância da capacidade de negociação é algo que fica muito evidente, mas não é por esse motivo que essa série aparece em nossa lista de séries sobre gestão, liderança e planejamento

No fator liderança, a série enfatiza o poder de influência que os líderes possuem sobre sua equipe durante o dia a dia e o quanto é fundamental que um gestor tenha autoconfiança para ser capaz de transmitir sua confiança para os outros.

Outro ponto que vale destaque é sobre enxergar o potencial que existe nas pessoas que trabalham com você, e ser capaz de estimular e desenvolver essas habilidades nela como líder.

Através do personagem Mike Ross, também é possível extrair o ensinamento de “pensar fora da caixa” ao se deparar com situações difíceis. Nestes momentos, é necessário explorar outros meios de pensar, de modo a obter soluções diferentes e quem sabe também inovadoras.

3. Billions

Bobby Axelrod é um gestor de um fundo bilionário de investimentos que precisa colocar em prática todo o seu conhecimento para obter sucesso diante de um mercado de alto risco.

O personagem principal demonstra ser um líder de muita transparência, que não tem medo de arriscar e não se exime de culpa quando algo não sai como planejado.

Demonstrar confiança perante suas decisões é uma valiosa característica de um líder. Assim como não ter medo de assumir os erros, como já foi dito. 

Outro aspecto de Bobby que vale a pena mencionar é que ele dá autonomia para os membros da sua equipe trabalharem. Interferindo somente na tomada de decisão final, e criando assim um laço forte de confiança perante seus colaboradores, que se sentem valorizados.

4. House Of Cards

Uma série que narra o caminho, as estratégias e as dificuldades de um aspirante a candidato à presidência não poderia ficar de fora da nossa lista de séries sobre gestão, liderança e planejamento, não é mesmo?

Frank Underwood define seus objetivos com clareza e, com determinação, conquista todos eles. Com um planejamento estratégico detalhado ao extremo, o político deixa claro a importância da inteligência emocional e da comunicação.

É preciso analisar as situações com calma e de forma racional, além de saber se comunicar com sua equipe de modo a deixar claro o que se espera de cada um.

5. Mad Men

Ambientada em Nova York dos anos 60, Mad Men relata a história de Don Draper e sua agência de publicidade. 

Na série, ao se depararem com a provável venda e completa absorção da agência por uma gigante companhia do mercado, os líderes e gestores entram em uma discussão interminável sobre as vantagens e desvantagens do negócio.

Enquanto os jovens anseiam pela perda de sua autonomia e liberdade, os mais velhos pensam somente no lucro e no crescimento da empresa. O dilema chega ao fim quando os insatisfeitos decidem pedir demissão e fundar um novo negócio.

O principal e grande ensinamento aqui é que os gestores e líderes não podem ter medo de efetuar mudanças. Seja para criar uma cultura organizacional, rever um plano estratégico ou implantar novos meios e ferramentas de trabalho.

6. Game Of Thrones

Fenômeno mundial, o que não falta em Game Of Thrones são lições de estratégia e liderança.

Em um cenário medieval, disputas pelo poder, política e guerra ilustram umas das séries mais assistidas de todos os tempos.

Da Rainha Daenerys, podemos tirar a lição que para se tornar um bom líder é preciso antes saber quais são as reais necessidades daqueles que estão sob sua responsabilidade, e gradualmente adquirir o conhecimento necessário que a posição pede.

Já da vilã Cersei, a ideia transmitida é que o protagonismo tem preço e com ele vêm grandes responsabilidades. O que exige mais energia, dedicação e determinação para alcançar os resultados desejados.

Com Jon Snow entendemos que uma boa reputação e respeito da equipe são coisas indispensáveis para um bom líder, que dificilmente conseguirá comandar uma equipe que não o admira.

7. Scandal

Olivia Pope, advogada e ex-funcionária da Casa Branca trabalha para que escândalos envolvendo os seus clientes não cheguem até a mídia ou sejam resolvidos sutilmente. 

Especialista em gerenciamento de crises, Olivia demonstra que até nas situações mais difíceis é necessário pensar com calma e elaborar um plano estratégico para que o resultado cobiçado seja alcançado.

8. La casa de Papel

Última, porém não menos importante, La Casa de Papel é a recomendação final da nossa lista de séries sobre gestão, liderança e planejamento.

A história conta como foi elaborado, efetivado e concluído um plano “perfeito” que tinha como objetivo assaltar um banco.

A equipe, formada pelo Professor, foi escolhida a dedo. Com personalidades diferentes porém complementares, cada um com sua especialidade única, o time perfeito foi montado.

 Com o propósito bem definido, um bom tempo foi investido em capacitação, fazendo com que todos os membros da equipe possuíssem o mesmo nível de conhecimento. Evitando assim competições desnecessárias entre eles.

Com o plano definido, metas individuais e de equipe foram definidas, além de um estudo profundo sobre os riscos da missão. 

Outro ensinamento que pode ser abordado é que o líder também precisa realizar o seu papel no operacional, acompanhando de perto as etapas do planejamento.

Como o Scopi pode ajudar?

Já pensou em ter todas as qualidades mencionadas no artigo em um só lugar? Então conheça o Scopi, software de planejamento estratégico que te auxilia no gerenciamento e planejamento das ações da sua empresa. 

Com ele é possível realizar uma análise estratégica completa de sua empresa e seus clientes, definir suas metas e seus objetivos, e acompanhar de perto a evolução dos indicadores e tarefas. Com relatórios diários e um avaliador que aponta o que pode ser melhorado, o Scopi é estratégico e operacional juntos.

Clique aqui agora e agende uma demonstração!